5 Dicas Importantes para Ajudá-lo a Submeter Seu Caso ao Serviço de Imigração (USCIS) sem Ajuda de um Advogado.

June 14, 2015

 

Eu sou advogada licenciada nos Estados Unidos e atuo na área de imigração, mas essa não é a única razão pela qual eu recomendo que clientes potenciais contratem um advogado para cuidar de seus assuntos legais. Ajuda de um advogado pode poupar muitas horas de trabalho, atrasos desnecessários e muita dor de cabeça!

 

No entanto, se você tiver tempo, paciência e coragem para preparar e submeter seu caso sozinho, bom para você! Para maximizar suas chances de sucesso, siga estas cinco dicas simples, mas muito importantes:

 

1 - LEIA AS INSTRUÇÕES!
 

Uma vez eu tentei montar uma estante sem nem mesmo abrir o panfleto de instruções porque parecia muuuuito fácil. Acabei com prateleiras tortas e de cabeça para baixo. Se você ignorar as instruções dos formulários quando estiver preparando um caso de imigração, suas prateleiras pode continuar retas, mas você poderá acabar com um aviso de rejeição ou negação que poderia ter sido evitado.

 

Você deve revisar e seguir cuidadosamente as instruções de CADA UM dos formulários que estará enviando para o USCIS. Preencha o formulário de acordo com as instruções e apresente toda a documentação enumerada nas instruções.

 

Depois de ler as instruções de cada formulário que estará submetendo, revise o website do USCIS www.uscis.gov para obter informações atualizadas sobre o valor da taxa a ser paga, e endereço para onde os documentos deverão ser submetidos. Um pequeno erro como marcar um “X” num espaço incorreto poderá causar meses de atraso ou, eventualmente, uma negação de seu caso.

 

2 – REVISE OS FORMULÁRIOS MAIS DE UMA VEZ.
 

Depois de preencher os formulários, descanse um pouco e os revise algumas horas mais tarde. Certifique-se de que todos os campos estão preenchidos e verifique datas e ortografia com base nos seus documentos civis. Tentar corrigir uma data de nascimento errada após a emissão de um documento de autorização de emprego pode levar meses e custar muitos dólares. No final, um pequeno erro de digitação pode acabar custando-lhe mais dinheiro do que se tivesse contratado um advogado competente em primeiro lugar.

 

3 – NÃO CONFIE EM PARECERES JURÍDICOS ORIUNDOS DO SERVIÇO DE IMIGRAÇÃO.
 

O serviço de atendimento ao cliente do USCIS melhorou consideravelmente nos últimos anos. Hoje em dia, informações úteis estão prontamente disponíveis no site do Serviço de Imigração, o tempo de espera no telefone é razoável e, em alguns casos, você pode até mesmo marcar uma hora para falar pessoalmente com um oficial da imigração no escritório local.

 

Sei que pode estar revirando os olhos depois de ter ouvido aquela música de espera irritante por 55 minutos e ter, finalmente, sua ligação para o USCIS misteriosamente desconectada. Eu digo: ‘guenta mão! (ou contrate um advogado ;)) Eu me lembro de ter que esperar na fila por oito horas só para obter um formulário do antigo INS muitos anos atrás.

 

Quando você finalmente conseguir falar com o oficial de imigração, que pode parecer bastante agradável e útil, obtenha dele qualquer informação que possa, mas cuidado no que você confia. Confiar cegamente em conselhos do USCIS pode ser fatal para o seu caso. Ligue para o USCIS (1-800-375-5283) para verificar o status do seu caso ou para solicitar um formulário, mas somente aceite conselho jurídico de um advogado licenciado nos Estados Unidos!

 

4 – NÃO CONFIE NOS CONSELHOS DOS SEUS AMIGOS.
 

Diz o músico Andre Monari: “como é bom ter amigos!”! É lamentável quando eles aparecem cheios de boas intenções e maus conselhos. Uma das frases mais comuns que ouço durante avaliação de casos ou consulta é "mas meu amigo me disse que...”


Lembre-se: cada caso é único por diferenças nos fatos e circunstâncias em nossas vidas. Só porque seu amigo submeteu seu caso e deu certo, não quer dizer que o seu caso vai funcionar da mesma maneira. Pergunte aos seus amigos sobre a experiência deles durante o processo ou aquela receita-segredo de bolo de chocolate. Mas NÃO aceite conselhos legais de nenhuma pessoa que não seja advogado! Os riscos são grandes demais. Se você quiser apostar seu status como se estivesse na mesa da roleta em Las Vegas, tem que estar preparando para perdê-lo.

 

5 – DIGA A VERDADE.
 

Omitir um fato material ou mentir em um formulário de imigração é uma má ideia. Alguns pontos em seu histórico podem ou não ser fatais para a sua elegibilidade de obter um benefício. Deturpação intencional, por outro lado, certamente afetará seu caso. Uma pequena mentira poderá levar à negação de um pedido, deportação e até mesmo revogação de um status ou benefício anteriormente concedido.

 

Além disso, lembre-se que a maioria dos formulários de imigração são assinados sob pena de perjúrio. Além de enfrentar a ira do Serviço de Imigração, você poderá ser condenado criminalmente por perjúrio. Se os fatos do seu caso são complicados, largue o “kit faça-você-mesmo”, pegue o telefone e ligue para um advogado de imigração.


Boa sorte!

 

Please reload

Featured Posts

Fazendo sua mudança ou extensão de status nos EUA? Leia sobre essas importantes mudanças.

March 5, 2019

1/10
Please reload

Recent Posts
Please reload

Search By Tags
Please reload

Follow Us
  • Facebook App Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • Instagram

Attorney Advertising/Disclaimer: The information contained in this website is of general nature for ATTORNEY ADVERTISEMENT purposes and does not constitute legal advice. No person should act or rely on any information in our site without seeking the advice of an attorney. Note that no attorney-client relationship will be formed until both attorney and prospective client sign a retainer/agreement for legal representation.